Referência na enfermagem de Dourados-MS, Terezinha Picolo recebe homenagem pelo mais de 30 anos de carreira


04.09.2023

Colegas de universidades, a enfª Terezinha, e o conselheiro Fábio Hortelan, após homenagens e entrega de flores

Os servidores da subseção do Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso do Sul (Coren-MS) de Dourados-MS fizeram, na manhã desta segunda-feira (04/09), uma surpresa a enfª Dra. Terezinha Picolo. Ela recebeu flores e um café da manhã como forma de homenagem ao legado deixado ao longo de 30 anos de profissão. Terezinha foi a percussora do curso de enfermagem e a pessoa que incentivou a criação da subseção do Coren-MS em Dourados-MS.

A profissional esteve na subseção para entrar com o pedido de inscrição de remida. A outorga é concedida a todo profissional da enfermagem por ter contribuído regularmente com as obrigações com Cofen/Conselhos Regionais de nunca ter sofrido penalidade administrativa e ou/ética na sua trajetória profissional e quitado todas as anuidades.

Terezinha gravou um vídeo compartilhando sua história em que traz como a precursora em trazer o curso de enfermagem da Universidade Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) a Dourados-MS e quando atuava na Secretaria Municipal de Saúde cedeu gentilmente uma sala do Hospital Santa Rita para que o Conselho pudesse instalar na cidade, no ano de 1991. “A UEMS, o Hospital da Vida e a UPA, são culpas minhas também”, brinca.

A primeira turma do curso de enfermagem da UEMS surgiu em 1994. Terezinha relembra após a criação, quem era contra, hoje, é a favor. “Naquela época havia pouco profissional. E tinha aqueles que vinham com discurso que o curso já existia em Campo Grande que não precisava, era o medo com os novos profissionais, vou perder meu serviço. Mas a intenção não era essa. Era necessidade de termos profissionais mais qualificados”, afirmou.

Estiveram presentes na homenagem representando a diretoria o conselheiro, enfº Dr. Fábio Roberto dos Santos Hortelan. “Poder homenagear estes profissionais que tanto fazem para enfermagem é um sentimento de orgulho pessoalmente e de satisfação como conselheiro. São mais de 30 anos de profissão, são exemplos a seguir e que devemos sempre prestigiá-lo, demonstrando a nossa sincera gratidão. O Coren-MS só existe por causa dos profissionais. E se queremos uma melhor profissão devemos zelar por aqueles que tanto construí-lo, para colhermos frutos em termos uma profissão regularizada e com piso salarial”, diz Fábio.

Compartilhe

Outros Artigos

Receba nossas novidades! Cadastre-se.


Fale Conosco

 

Conselho Regional de Enfermagem do Mato Grosso do Sul

Av. Monte Castelo, 269 - Monte Castelo, Campo Grande - MS, 79010-400

COMUNICAÇÃO >> FALE-CONOSCO


Horário de atendimento ao público

segunda à sexta-feira, de 8:00 às 17:00